Bomba de piscina externa vale a pena?

Bomba de piscina.

Bomba de piscina externa vale a pena? 1

É muito comum os piscineiros usarem uma bomba externa para limpar a piscina. Mas afinal, ela é melhor ou pior da que fica na casa de máquinas?

O que é bomba de piscina externa?

Primeiramente devemos entender que a bomba externa é exatamente a mesma utilizada nas casas de máquinas. Até existem alguns modelos mais específicos, mas em sua grande maioria, os piscineiros simplesmente fazem uma adaptação para poder utilizá-las fora da casa de máquinas.

Por isso muitas vezes temos dificuldade em utilizar a bomba externa da forma correta, pois como foram feitas para trabalhar abaixo do nível da água, não funcionam bem quando utilizadas de outra forma. Mas calma, se mesmo assim você quiser ter uma bomba externa não tem problema, só fique ciente que existem vantagens e desvantagens.

Bomba de piscina externa vale a pena? 2

Vantagens:

– Não necessita do sistema hidráulico da piscina. É interessante para os casos em que a piscina esta com problemas nos encanamentos ou nos equipamentos.

– Durabilidade maior da bomba. Isso é relativo, mas como não fica na casa de máquinas, que é muito úmida, ela pode durar mais. Mas saiba que utilizando a motobomba externamente você esta forçando muito mais seu motor.

– Maior mobilidade. Como não esta fixada na casa de máquinas, pode ser levada para qualquer lugar.

Desvantagens:

– Mais complicada de ser utilizada. Devido a não estar afogada, temos muito mais trabalho em tirar o ar interno da bomba, que é essencial para que ela funcione adequadamente.

– Joga mais água fora. Como não se utiliza o encanamento da piscina, a água que é puxada pela bomba não retorna para a mesma. Até existe uma forma de melhorar este processo, mas é um pouco mais complicado e a maioria das pessoas acabam não fazendo.

– Sem o filtro de areia a água perde qualidade. Tenha em mente que utilizando uma bomba externa, simplesmente você vai sugar a água da piscina e jogar fora. Você perde várias utilidades como: filtrar, recircular, tratar com ozônio, etc.

 

Autor: SolarGil

Artigos relacionados: “Como evitar manutenção na bomba”“Melhore sua casa de máquinas”, “Tratamento com ozônio”.

Produtos relacionados: bomba de piscina, filtro de areia, mangueira, aspirador.

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

Piscina verde: porque a água fica assim?

Piscina verde.

Piscina verde: porque a água fica assim?

Não é poque você gosta de natureza, que deve deixar sua piscina ficar igual a amazônia. A água verde não é ruim apenas na aparência, a piscina verde é sinal que a água está imprópria para uso.

Porque a piscina fica verde?

Todos sabemos que sem um tratamento adequado a água fica vulnerável a vários problemas, e sem dúvida o mais conhecido e temido é “a piscina verde”. Ela fica assim pois esta infestada de algas, e isso ocorre exatamente pela falta de cuidado com a água.

Como evitar a piscina verde?

A chuva e o vento levam muita sujeira para a piscina, alterando assim seu pH. Fique de olho em épocas de chuva e sempre recolha, com uma peneira, as sujeiras que caem na superfície da piscina.

De um modo geral se a piscina estiver com os parâmetros de pH e cloro errados, ela fica propícia a proliferação de micro-organismos e bactérias prejudiciais a água. Portanto é essencial que o pH fique entre 7,2 e 7,6 e o cloro entre 1 e 3 ppm. E claro, nunca esqueça do tratamento da piscina, que deve ser realizado periodicamente.

 

Autor: SolarGil

Leia também: “Como resolver as algas na piscina”, “Como limpar a piscina”

Produtos relacionados: peneira, cloro, algicida, teste de piscina

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

Como evitar que a água da piscina evapore

Água da piscina.

Como evitar que a água da piscina evapore 1

Muitos fatores podem levar à perda de água em uma piscina, mas a evaporação, em determinadas épocas do ano é o fator mais comum. Algumas regiões no Brasil são afetadas com maior ou menor intensidade, de acordo com as variações climáticas, mas em algumas essa característica já faz parte do cotidiano.

Água da piscina e o vento

Algumas dicas podem auxiliar na redução da evaporação da água, tais como a utilização de capas, cobertura fixa e quebra ventos naturais ou construídos. As capas de piscinas podem variar de tamanho, espessura e materiais, de acordo com a finalidade desejada, como manter a piscina aquecida, segurança ou evitar sujeira. Todas e independente da finalidade auxiliam na redução da evaporação e ajudam limpeza, evitando que a sujeira e outros detritos caiam na piscina.

Os quebra-ventos naturais, como uma cerca verde, arbustos, árvores e cercas construídas (alvenaria, telas, blindex, etc), reduzem o atrito com a água e também diminuem a evaporação. Outros fatores podem ser a causa da grande redução no nível da água, tais como o uso de cascatas, borda infinita e spa, pois causam a agitação da água e aumentam o contato com o ar.

Não esqueça desse detalhe

Caso utilize uma capa para evitar a evaporação, não esqueça de tratar sua piscina. Por mais que as capas ajudem na limpeza, é fundamental o uso do cloro.

 

Fonte: Hidroall

Artigos relacionados: “Como identificar um vazamento na piscina”, “Temperatura ideal da piscina aquecida”

Produtos relacionados: cloro, capa de piscina

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

O mito mais famoso sobre cloro de piscina

Cloro de piscina.

O mito mais famoso sobre cloro de piscina 1

Existe um mito popular que afirma que o forte cheiro de cloro percebido nas piscinas, é resultado do excesso do produto na água, e que isso é prejudicial aos banhistas. Na realidade, ao contrário do que se pensa, quando a piscina apresenta o cheiro que costuma ser associado ao cloro, significa a ausência dele e a formação de cloraminas.

Cloraminas e o cloro de piscina

As cloraminas são subprodutos formados pela combinação do cloro de piscina com resíduos orgânicos não eliminados, como por exemplo, urina, suor, protetor solar, descamação da pele etc. Isso não quer dizer que o cloro ali presente não elimina matéria orgânica, mas que a quantidade aplicada não é suficiente para combater as impurezas existentes na água.

Como resolver o problema

Para combater o cheiro forte, o tratamento se dá em duas partes:

1. Eliminar as cloraminas. Para isso o mais indicado é utilizar um oxidante, que é mais eficaz contra a matéria orgânica.

2. Adicione a dosagem correta de cloro. Para isso, veja a embalagem do produto.

dica: caso não tenho o oxidante, você pode fazer uma dosagem de choque com cloro. Não é o ideal mas ajuda.

 

Autor: Hidroall

Artigos relacionados: “Dosagem correta do cloro”, “O que é tratamento com ozônio?”

Produtos relacionados: cloro de piscina

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

O que é tratamento de ozônio para piscina?

Ozônio para piscina.

O que é tratamento de ozônio para piscina?

O ozônio é um gás natural presente na natureza, formado a partir do oxigênio contido no ar. É o mais forte agente oxidante, conhecido para uso comercial e mais potente que o cloro, eliminando com muito mais facilidade diversos microrganismos. É tido hoje como o melhor tratamento de água, não só para piscinas, como também para estações municipais nos grandes centros ao redor do mundo, como Paris, Montreal, Tóquio, Los Angeles e muitos outros.

O que é o ozônio?

O ozônio (O₃), conhecido como oxigênio ativo, é um poderoso bactericida, algicida, fungicida e viricida. É 3.120 vezes mais rápido que o cloro na eliminação destes microrganismos.

É reconhecido como o mais seguro e eficaz método de tratamento de água do mundo, com aplicações em diversos segmentos, como indústrias, piscinas, estações de tratamento de águas municipais e odontologia.

O que é tratamento de ozônio para piscina? 2

Por que utilizar ozônio para piscina?

Aplicado na desinfecção da água da piscina, o ozônio é o único que combate todas as sujeiras. Como bronzeadores, hidratantes, maquiagem, filtros solares, cabelos, suor, urina, vírus, bactérias, algas e fungos. Sendo ainda que os microrganismos não desenvolvem resistência ao ozônio, o que garante eficácia do processo a longo prazo.

Um dos principais diferenciais do ozônio é que ele elimina as cloraminas, substâncias produzidas a partir da reação do cloro com as sujeiras presentes na água. Elas são responsáveis pelos nossos conhecidos desconfortos como:

– Agravamento de problemas alérgicos e respiratório;

– Ardência nos olhos;

– Ressecamento na pele e nos cabelo;

– Descamação do esmalte das unhas;

– Cheiro desagradável na água e no corpo.

 

Autor:Panozon

Artigos relacionados: “Cheiro de cloro na piscina”, “Tipos de cloro”, “Como limpar a piscina”.

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

A importância do pré-filtro na bomba de piscina

Bomba de piscina.

A importância do pré-filtro na bomba de piscina 1

Se sua área de lazer tem jardim você já deve ter passado pela situação de toda a água ficar com sujeira, como folhas, grama, etc. Mas o grande problema é se toda esta sujeira for parar na parte interna da bomba, causando assim manutenções indesejadas.

O pré-filtro da bomba de piscina

A grande maioria das bomba de piscina tem pré-filtro, que é um compartimento na entrada da água que capta a sujeira mais “grossa”. Esta sujeira pode vir através da aspiração, ou simplesmente pelo ralo de fundo. Por isso, mesmo que a superfície da água não esteja com sujeira, é extremamente importante verificar e limpar o cesto do pré-filtro toda semana. Assim você não corre o risco do mal funcionamento da bomba e evita a queima do motor em casos extremos.

importante: antes de abrir o pré-filtro para limpar o cesto, não se esqueça de fechar os registros.

 

Veja aqui mais dicas simples para evitar problemas futuros no seu equipamento.

 

Autor: SolarGil

Artigos relacionados: “Como lavar areia do filtro”, “Como operar casa de máquinas”.

Produtos relacionados: peneira, ralo de fundo, tampa do pré-filtro, bomba, filtro.

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

Tratamento de piscina: o que fazer ao viajar

Tratamento de piscina.

Tratamento de piscina: o que fazer ao viajar 1

Pensando em viajar e não sabe o que fazer com a piscina? O ideal é ter alguém para cuidar dela enquanto estiver fora, mas sabemos que nem sempre isso é possível. Por isso preparamos algumas dicas para que sua viagem seja tranquila e sem preocupações.

Tratamento de piscina completo

É extremamente importante que um pouco antes de sair você deixe sua piscina muito bem tratada, assim a água vai se manter limpa por mais tempo. Para isso:

1. Esfregue a borda da piscina;
2. Com uma peneira retire toda a sujeira da superfície da água;
3. Corrija a alcalinidade e o pH se necessário;
4. Adicione algicida de manutenção e circule a água por 2 horas;
5. Coloque decantador, desligue a bomba e deixe descansar;
6. Quando toda a sujeira decantar aspire a piscina;
7. Lave a areia do filtro;
8. Adicione cloro;
9. Para finalizar filtre a piscina.

Como manter a água limpa por mais tempo

Feito o tratamento completo e só seguir estas 3 dicas durante o período que estiver fora:

– Use cloro em pastilha. O cloro em pastilha é de dissolução lenta, por isso mantém a água clorada por mais tempo. Coloque a quantidade de pastilhas no clorador de acordo com o tempo que vai viajar.

– Cubra a piscina com uma capa. Tanto a capa térmica quanto a de proteção ajudam para que não caia sujeira na água, como folhas, insetos, etc. Só atenção ao utilizar a capa junto com a pastilha.

– Filtre sua piscina diariamente. Use um timer para programar uma filtragem diária durante o período.

 

Assim que voltar de viagem, faça um tratamento completo novamente e pronto.

 

Autor: SolarGil

Artigos relacionados: “Como tratar piscina verde”, “Como aspirar e filtrar a piscina”.

Produtos relacionados: peneira, cabo, teste de piscina, elevador de pHredutor de pH, estabilizador de pH, limpa bordas, escova, algicida, decantador, aspirador, cloro.

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

Cuidando da capa térmica para piscina

Capa térmica para piscina.

Cuidando da capa térmica para piscina

A capa térmica para piscina esta cada vez mais comum de se ver na área de lazer das casas. Pois serve tanto para manter a temperatura da água como para ajudar no tratamento da piscina. Mas devemos ter alguns cuidados para que ela não estrague rápido, e existe uma dica bem fácil de se fazer.

Atenção ao aplicar o cloro

Todo cloro evapora facilmente com o sol, e como todos sabemos ele é bem oxidante. Por isso é fundamental ao aplicar o cloro esperar um pouco antes de colocar a capa de volta, cerca de 30 minutos. Assim você evita que a capa absorva todo aquele vapor inicial.

Por isso também não é indicado o uso do clorador, pois ele fica liberando o vapor aos poucos durante o dia inteiro, prejudicando assim sua capa. No caso de piscinas com capa o ideal é usar o cloro granulado.

 

Gostou da dica? Para saber mais sobre como cuidar da sua capa térmica para piscina clique aqui.

 

Autor: SolarGil

Artigos relacionados: “Importância da capa térmica”, “Aquecendo sua piscina”.

Produtos relacionados: capa térmica, capa de proteção, cloro, clorador, pastilha.

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

Dicas para o primeiro tratamento de piscina

Tratamento de piscina.

Dicas para o primeiro tratamento de piscina 1

Assim que a piscina fica pronta, a primeira coisa que pensamos  é quando vamos marcar a festa de inauguração, não é mesmo?! Mas saiba que para darmos o primeiro mergulho temos que preparar a água antes. São dicas bem fáceis de fazer, vamos lá.

Saiba o volume da sua piscina

O primeiro passo é descobrir qual o volume de água da piscina. Isso é fundamental para calcular as dosagens dos produtos químicos que devem ser adicionados. Para isso basta medir o comprimento, a largura e a profundidade da piscina e multiplicar tudo.

Dicas para o primeiro tratamento de piscina 2

Teste a água antes de começar

O próximo passo é verificar se a água de abastecimento não possui alto nível de metais, independente de sua origem. Uma dica é a realização de um teste prático: em um balde plástico, limpo e com água da piscina, adicione aproximadamente uma colher de sopa de cloro, misture e aguarde mais ou menos uma hora. Se a água escurecer, resultando na tonalidade marrom, amarela ou verde, é provável que ela possua alto nível de metais.  A solução é usar o produto chamado eliminador de metais.

O principal no tratamento de piscina

Após esta etapa é preciso medir o pH e a alcalinidade. Use um teste de piscina para analisar os parâmetros:

– Se o pH estiver abaixo de 7,2 adicione elevador de pH.

– Se o pH estiver acima de 7,6 adicione redutor de pH.

 Se a alcalinidade estiver abaixo de 80 ppm adicione estabilizador de pH.

 

Pronto, adicione cloro e já pode começar a nadar. Mas lembre-se que estes foram os passos iniciais, para saber como fazer o tratamento de piscina completo clique aqui.

 

Fonte: SolarGil

Links relacionados: Volume da piscina”, “Como limpar a piscina”, “Como medir o pH”.

Produtos relacionados: teste de piscinacloro, elevador de pH, redutor de pH, estabilizador de pH.

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

Mangueira para piscina: 3 dicas fundamentais

Mangueira para piscina.

Mangueira para piscina: 3 dicas fundamentais 1

A aspiração é uma das funções mais importantes na hora de limpar a piscina, e a mangueira é parte fundamental. Por isso é tão importante aprendermos a cuidar muito bem dela.

Cuide bem da mangueira para piscina

Esta dica pode parecer boba, mas acredite, a grande maioria das pessoas estragam a mangueira por não guardá-la em local adequado. Existem algumas coisas que você jamais deve fazer:

– Nunca deixe a mangueira secar ao sol. Depois de usar, procure sempre enrolar e guardar em local seco, arejado e protegido do sol.

– Não a guarde na casa de máquinas. Isso é muito comum de se fazer, mas além de ser um local quente e úmido, você pode molhar a bomba e gerar manutenções.

– Não a deixe dentro da piscina por muito tempo. A mangueira pode ressecar se ficar muito tempo em contato com a água clorada. Sempre guarde assim que terminar de usar.

 

Gostou da dica? Se quiser saber mais sobre aspiração de piscina clique aqui.

 

Autor: SolarGil

Links relacionados: “Como passar o aspirador”, “Como aspirar e filtrar a piscina”.

Produtos relacionados: mangueira, aspiradores, bomba para piscina.

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.