Produtos químicos para piscina: cuidados e segurança

Produtos químicos para piscina.Produtos químicos para piscina: cuidados e segurança 1

Apesar de ser relativamente simples, o tratamento e desinfecção da água de piscinas deve ser feito com cuidado, pois ocorre através da manipulação de produtos químicos.

Sempre leia as instruções da embalagem

Antes de manipular qualquer produto químico, os profissionais e proprietários de piscinas devem ler as instruções contidas nas rotulagens dos produtos. Esta rotulagem é aprovada pela ANVISA seguindo um padrão internacional de orientações e cuidados. Isto vale também para os produtos de limpeza domésticos (detergentes, desinfetantes, saponáceos e outros).

Nunca misture produtos químicos para piscina

Os produtos químicos para piscinas são classificados de acordo com o pH de suas soluções, ou seja: produtos ácidos, produtos alcalinos ou básicos e aqueles que teoricamente chamamos de neutros. Como sabemos o pH varia de 1,0 (muito ácido) a 14,0 (muito alcalino ou básico).

“Produtos com pH diferente não se combinam, suas misturas in natura geram queimaduras, explosões e intoxicações.”

Alguns exemplos de misturas que podem gerar reações:

– Barrilha é alcalino e Sulfato de Alumínio é ácido
– Cloro líquido é alcalino e Redutor de pH é ácido
– Hipoclorito de Cálcio é alcalino e Tricloro em tabletes é ácido
Dicloro é levemente ácido e Elevador de pH é extremamente alcalino 
– Hipoclorito de cálcio é extremamente alcalino e Dicloro é levemente ácido

Produtos químicos para piscina: cuidados e segurança 2

Cuidados a serem seguidos

– Todo e qualquer produto químico adicionado à piscina deve ser previamente diluído (líquidos) ou dissolvido (sólidos) de acordo com as indicações nos rótulos dos fabricantes.

 – Os recipientes e utensílios para este procedimento devem ser de plástico, limpos e lavados com a própria água da piscina. 

– Nunca misture produtos químicos diferentes no mesmo recipiente, independente da marca, fabricante, cor ou odor.

– Os produtos químicos devem ser adicionados à piscina separadamente, um por vez, num intervalo de pelo menos 1 hora, com o filtro ligado em recircular ou filtrar, espalhando-se a mistura por toda a piscina.

– Os tabletes de cloro devem ser colocados em flutuadores e nunca poderão estar presentes na piscina com os usuários. Retire-os e guarde num balde plástico limpo e sem água.

– Nunca utilize produtos químicos sem registro na ANVISA ou sem instruções de uso na rotulagem.

Os produtos químicos para piscina, conforme instruções dos fabricantes, não causam nenhum dolo físico aos usuários, sendo assim,  suas dosagens foram previamente testadas e aprovadas pela ANVISA.

Os parâmetros e orientações básicas para uma água saudável e limpa são:

Cloro entre 1,0 e 3,0 PPM
– pH entre 7,2 e 7,6
– Alcalinidade Total entre 80 e 120 PPM
– Dureza máxima 350 PPM
– Proteja-se com luvas plásticas e óculos de segurança 
– Mantenha o filtro em funcionamento de acordo com as instruções dos fabricantes.

Em caso de acidente

Em caso de contato direto do produto concentrado com a pele ou os olhos, lavar as partes atingidas com água corrente em abundância, persistindo a irritação procurar o serviço de saúde levando a embalagem ou o rótulo do produto. Em caso de ingestão acidental, não provoque vômito e entre em contato com o Disque Intoxicação (0800 722 6001) ou serviço de saúde levando a embalagem ou o rótulo do produto. Em caso de inalação ou aspiração, remova o paciente para local arejado e se houver sinais de intoxicação, chame socorro médico.

 

Autor: Hidroall

Artigos relacionados:“Como limpar uma piscina”, “Como resolver a piscina verde”.

Produtos relacionados: clarificante, teste de piscinacloro, tabletes de cloro, Redutor de pH, Elevador de pH.

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *