Vitamina D: entenda a importância do sol

Vitamina D.Vitamina D: entenda a importância do sol 1

Embora você possa conseguir vitamina D de alguns alimentos e suplementos, a principal fonte desse mineral é através da exposição à luz solar. Baixos níveis de vitamina D podem aumentar o risco de osteoporose, doenças cardíacas, pressão alta, diabetes, doenças autoimunes e câncer, incluindo o câncer colorretal, de mama e próstata. A melhor forma de aumentar os níveis de vitamina D é expondo a pele ao sol.

Como aumentar sua vitamina D

Ficando de 5 a 30 minutos sob o sol entre dez da manhã e três da tarde já é o suficiente, tente expor o rosto, braços, pernas e costas. Suas células da pele são estimuladas a produzir vitamina D depois de serem expostas aos raios ultravioleta B (UVB). Não use protetor solar e faça o processo todos os dias, ou pelo menos duas vezes na semana. E lembre-se:

A localização de sua cidade não faz uma diferença significativa da quantidade de raios UVB. No entanto, fatores como a estação, a hora do dia, a quantidade de cobertura de nuvens, a poluição do ar e a quantidade de melanina em sua pele podem afetar a capacidade do seu corpo de absorver a vitamina D.

No inverno, pode ser mais difícil receber luz solar no rosto e braços. Tente passar algum tempo fora de casa durante os meses de inverno, mesmo se estiver frio.

Tomar sol atrás de uma janela não vai proporcionar a quantidade necessária de UVB, o vidro filtra os raios. Você precisará sair de casa e expor seu rosto, braços, pernas e costas para a luz solar direta.

Vitamina D: entenda a importância do sol 2

Não esqueça do protetor solar

Depois de de 30 minutos exposto ao sol, você deve aplicar protetor solar contendo ao menos FPS 8 ou superior em toda a pele que estiver exposta. A radiação UVB do sol aumentará o risco de câncer de pele se você não se proteger.

Você deve ter certeza de que sua pele não pareça estar queimando, quente demais ao toque, seca ou dolorida quando estiver sob o sol. Caso sinta algum desses sintomas, deixe de se expor ao sol. A Academia Americana de Dermatologia recomenda um protetor solar de amplo espectro que protege contra a exposição UVA e UVB, eles recomendam um FPS 30 ou superior. Caso você fique suando ou mergulhando na água, procure um protetor solar resistente à água.

Importante

Indivíduos de origem africana, hispânica e indiana possuem um maior risco para a deficiência de vitamina D. Portanto, é importante que indivíduos com esses antecedentes passem tempo suficiente ao sol.

Aumente sua ingestão comendo alimentos fortificados com vitamina D, como leite fortificado, iogurte, fígado, gemas, queijo e atum enlatado.

Se você é uma mulher na pós-menopausa ou uma mulher com mais de 65 anos, fale com o médico sobre tomar um suplemento de magnésio, assim como a vitamina D3.

Sempre é aconselhado o acompanhamento médico caso esteja com insuficiência de vitamina D.

 

Autor: Wikihow

Leia também: “Como limpar piscina”, “Uso intenso da água”, “Exercício na piscina”, “Aquecimento solar”.

Importante: este é apenas um guia, NÃO nos responsabilizamos por qualquer problema futuro que possa a vir ocorrer ao segui-lo. Sempre indicamos a presença de um profissional.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *